top of page

Qual o quadro certo para sua casa?


Dicas para escolher a melhor opção


Sem medo de errar na hora de decorar as paredes com arte


Escolher a decoração certa para nossa casa ou espaço de trabalho pode ser algo extremamente prazeroso. Para isso, é preciso que você se permita parar por alguns instantes e pensar em você mesmo e nos seus gostos pessoais, começando pelo seu estilo favorito. Hoje vamos falar aqui um pouquinho do processo da escolha de um quadro de arte.





Escolha o quadro que você goste!


Arte é algo extremamente subjetivo. Por isso, o primeiro passo para escolha de um quadro é o sentimento que ele desperta em você. Geralmente, a arte que mais nos toca é a que ativa em nós as nossas memórias afetivas. Aqui na Art Wall, o processo de criação de nossas coleções também passa pelo sentimento de cada autor. Então, podemos dizer que fazemos a arte que nos toca e buscamos nos conectar com cada pessoa através dessas imagens. Quando a nossa tela faz sentido para você, então é esta que você deve considerar na hora da escolha.


Eu falei que este processo pode ser extremamente prazeroso. Então, tire um tempo para suas escolhas, abra um bom vinho, coloque aquela playlist que você mais curte e vamos apreciar a arte. Curta um tempo olhando os quadros de nossa galeria virtual. Imagine-se em uma galeria física, passeando por várias telas. Qual delas te atrai mais? Qual delas te emociona? Selecione mais de uma opção e deixe a escolha final depois que você considerar outros fatores. Vamos a eles.




Estilo da Decoração


Depois de fazer uma escolha prévia dos quadros que mais te agradam, é hora de dar atenção ao estilo de decoração do seu ambiente. Observe se o espaço que você tem irá combinar com o quadro que você escolheu. Em outras palavras, o quadro tem que “casar” com o estilo da sua decoração. Qual é o seu estilo? Você já parou para pensar sobre isso? Você gosta de um ambiente mais clássico, romântico, minimalista, retrô, rústico ou contemporâneo?


E aí vai uma dica de ouro. Se você quiser muito um quadro, vale muito a pena dar uma repaginada na decoração para receber a sua obra de arte. E isso pode ser feito apenas trocando um móvel de lugar, usando um recurso direcionado de iluminação ou mexendo nas cores dos objetos decorativos deste ambiente para que eles “conversem” com o quadro que você quer. Isto nos leva ao nosso próximo tópico:





Paleta de Cores


A escolha de uma paleta de cores para um ambiente é extremamente importante na hora de decorar. Eu diria que, após definir o estilo que se quer seguir, é a segunda grande escolha. A partir dela, tudo fica mais fácil de ser encaixado.


E qual a melhor paleta de cores para a minha casa ou para o meu escritório? Você pode dar uma lida no artigo Cores na decoração e o bem-estar que elas podem trazer, que a arquiteta Julianna Gomes escreveu aqui para nós e começar a ter uma noção do que mais te agrada ou o que mais combina com o estilo que você quer dar ao seu espaço.


Mas atenção, nada na vida pode ser tão rigoroso. Sempre é possível quebrar as regras e usar um objeto que ganhe um destaque interessante pelo diferencial que ele representa. Pode ser o quadro que você escolheu, uma cadeira em um tom completamente diferente, uma parede texturizada, um vaso etc. Enfim, as possibilidades são infinitas. O importante é encontrar uma harmonia que faça sentido para você e que a sua personalidade se reflita neste lugar.


Agora, se você é do tipo que quer seguir à risca a paleta de cores que escolheu, então, este é um ponto importante a ser considerado na hora de optar por uma tela de arte. Aqui na loja da Art Wall temos um recurso em que você pode fazer a busca de um quadro pela sua cor predominante, facilitando o seu processo de escolha.





Composição de quadros


Até aqui você já apreciou a arte, escolheu quais as te agradam mais e provavelmente já se apaixonou por algumas. Pensou em como as suas favoritas combinam com o seu espaço, e ponderou se as cores predominantes do quadro conversam com o seu ambiente. Você está pronto para fazer a sua escolha.


O próximo passo é definir o tamanho e a composição com o local. Vamos lá?


Primeiro ponto. Em geral, um quadro não deve ser maior que 75% e nem menor que 50% do espaço destinado para ele. Você pode preencher este espaço com um quadro grande, um duo ou um trio, ou ainda uma composição de quadros em tamanhos diferenciados que ocupem esta área no total.


Bom, você tem uma ideia da área de ocupação, mas é preciso levar outros fatores em conta. O tamanho do seu quadro deve considerar não só o espaço da sua parede, mas também a distância existente para melhor visualização da obra, além do equilíbrio com a mobília que vai compor o ambiente junto com ele.


Eu explico melhor. Vamos imaginar que você escolheu a sua obra para colocar em cima de um sofá, em frente a sua mesa de jantar ou atrás de sua mesa de trabalho. Pense a harmonia dessa decoração em forma de uma pirâmide, começando sempre do maior, na base, para o menor, no cume. Seguindo essa lógica, o tamanho final da sua tela deve considerar aproximadamente ⅔ ou ¾ do comprimento dos móveis, evitando que fique grande ou pequeno demais. A distância entre o móvel e o quadro deve ter, no mínimo, 20 centímetros de altura.


A altura para se colocar o quadro é outro ponto importante. A orientação para a instalação de quadros é a altura do olhar do espectador. Geralmente isso varia entre 1,60m e 1,70m.




Distância visual


Uau. Está ficando empolgado com a sua escolha? Agora vamos a uma pequena e divertida reflexão. Imagine aquela TV gigante em sua sala. E você sentado naquele sofá praticamente em cima da sua TV. Essa proximidade não vai te favorecer a ter uma visão privilegiada da sua grande TV, não é mesmo? A mesma coisa acontece com sua obra de arte. Então, é importante considerar a distância para que ela seja apreciada. A isso chamamos espaço de recuo. Em um ambiente mais amplo, você poderá optar por quadros maiores que poderão ser contemplados a uma certa distância. Em espaços menores, você pode optar por quadros menores que não necessitam de tanto recuo para a completa visibilidade da obra.




Quadrado, vertical ou horizontal?


Vamos observar o espaço onde queremos colocar a obra de arte. Este local é estreito ou largo? O pé direito é alto ou baixo? Essa leitura é importante para definição do tamanho e do formato. Aí temos outra leitura a fazer: Qual efeito você quer ter com este quadro neste ambiente?


Os quadros verticais irão dar uma sensação de alongamento do seu ambiente, proporcionando sensação de um pé direito mais alto, enquanto os quadros na horizontal oferecem a sensação de mais amplitude na largura de sua parede. Os quadros quadrados são mais neutros nesse aspecto. Mas, se estiverem formando um trio ou duo, seguem a mesma leitura, dependendo da posição em que forem colocados.




Espaço da criatividade


Neste texto eu falei de muitas regras que podem te facilitar na hora montar a composição de seus quadros e na escolha dos melhores tamanhos para as obras que você irá adquirir. Mas, é bom deixar claro que tudo pode ser relativo. Afinal, quem não gosta de uma pitada de criatividade na decoração? Um bom arquiteto ou designer de interiores pode te dar uma solução inusitada e que pode te agradar e surpreender. Por isso, sempre recomendamos que você busque a opinião de um profissional na área.




Consultoria Gratuita


Então, ficou mais fácil fazer sua escolha? Eu acho que sim. Mas se você ainda estiver inseguro(a), você pode nos enviar uma mensagem solicitando uma consultoria gratuita para te auxiliar na escolha e análise do ambiente para a instalação de nossas obras.


Vamos abrir aquela garrafa de vinho e visitar nossa galeria de arte virtual?


Vou deixar aqui o link para a minha playlist favorita. Músicas fortes, para momentos de decisão.

Uma boa visitação!




Oi! Eu sou Malu Machado, artista Art Wall, e neste artigo eu trago algumas dicas para te auxiliar na escolha de uma obra de arte. Boa leitura!


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page