top of page

E agora? Tenho gatos. Como fazer? Guia completo.

Atualizado: 20 de abr. de 2023

Dicas de uma Cat Sitter




Por Luciana Barbosa | Professora e Cat Sitter



Digo e repito: impossível não se apaixonar por um gato. Impossível!

Em plena pandemia elas chegaram. Twix e Luna, mãe e filha. Era uma. Chegaram duas. "E agora? Tenho gatos." Como fazer?


Imagem de Daga_Roszkowska por Pixabay



Imagem de Ty_Swartz por Pixabay


Primeiramente estude

Leia sobre o comportamento deles. O que fazem. Do que gostam. Do que não gostam. Marque uma consulta com um veterinário para saber como ele está de saúde. Exames gerais, vacinas. Ração apropriada para cada faixa etária. Converse com amigos e amigas que tenham esses felinos! Aprenda tudo que puder. Mas trate gato como gato, ok? Gato não é cachorro pequeno. Gato é gato.


Observe


Comece a observar seus movimentos, preferências de lugar pra ficar. Alguns gatos separam os cômodos da casa. Escolhem onde brincar, onde descansar e comer.


Não dê banhos!


Ao contrário do que muitas pessoas pensam, gatos não precisam de banho. Eles são extremamente higiênicos e se lambem muito, todos os dias, várias vezes ao dia. O olfato é seu sentido mais importante e ao tomar banho, o cheiro deles é alterado. Isso não é bom.



Potinhos e Caixas

Nunca deixe caixinhas de areia próximas dos potes de ração e água. Isso os incomoda demais. Mantenha as caixas sempre limpas também (Eles costumam segurar xixi e cocô se estiverem sujas e isso pode trazer problemas renais e intestinais sérios tá?).

Deixe potinhos de ração espalhados pela casa. Em diferentes lugares e alturas também. Eles adoram.


Como alimentar seu gato



Existe uma dúvida grande entre os tutores, sobre quantas vezes ao dia seu bichano deve se alimentar. Converse sempre com seu veterinário. Ele vai te dizer o que é melhor para cada gato. Se o gato é filhote a indicação é uma, se é adulto, outra. Se castrado ou idoso, outra indicação. O importante é saber que os gatos, se livres na natureza, se alimentariam muitas vezes ao dia e em pequenas porções e nossa função como guardiões e tutores é fazer com que eles tenham com a gente o máximo de proximidade possível com a vida que teriam na natureza. Temos muitos recursos para isso. Então, nada de deixar potes cheios e durante um longo período (dica valiosíssima tá?). Além de perder o cheiro, a ração murcha. Eles não comerão. Você jogará fora e desperdiçará dinheiro e comida. Converse com seu veterinário e certamente ele falará com você a melhor forma de alimentar seus bichanos: quantidade ideal e quantas vezes ao dia ou se poderá deixar a comidinha disponível. Outra dica: o número de potes é sempre o número de gatos mais 1. Se tem 2 gatos, três potinhos no mínimo. Isso vale também para as caixas de areia, que devem ser grandes o suficiente para que o seu gatinho caiba todo nela e consiga se movimentar na hora de usá-la.


Imagem por Delphine_art_photographie por Pixabay


Cuide da água dos gatos!

Gatos amam fonte de água, pois detestam água parada e quente. Então, se puder investir numa fonte de água corrente, saiba que eles amarão! Coloque pelo menos 3 vezes ao dia, nos potinhos, água fresca e geladinha. No verão pode até colocar pedrinhas de gelo também. Eles vão adorar!


Imagem de AlešHáva por Pixabay


Brinque com seu gato!

Outra super dica é brincar! Eles adoram se divertir. Não precisa comprar brinquedos caros e de última geração. Uma simples cordinha pra puxar e eles correrem atrás já é felicidade completa. Bolinhas feitas com sacolinhas plásticas é sucesso total. O importante é tirar um tempinho diário pra brincadeira. Isso evita tristeza, ansiedade e traz alegria e confiança também! Isso fortalece muito a relação entre tutor e bichano. Eles adoram ser escovados(outro momento delicioso de interação entre vocês). Existem várias escovas no mercado, para todo tipo de bolso. Agora, saiba que você pode comprar uma cara e ele não gostar. Sim, são exigentes mesmo! Uma baratinha pode ser sinônimo de total felicidade.



Gatos são bichos metódicos


Outra coisa importante: são metódicos. Muito metódicos. Como relógios mesmo. Então, se organize e se programe com os horários da ração, das brincadeiras, da higiene das caixinhas também. Eles ficam nos esperando para fazer isso. Sabem a hora direitinho.

Eles dormem. Dormem muito. De 12 a 18 horas por dia. Não é regra para todos. Temos que observar cada gato. Nunca incomode o bichano no seu cochilo também. O sono é sagrado mesmo. São animais crepusculares, mais ativos no período da manhã e no final da tarde, mas isso não significa que não durmam à noite. Lembre-se de que cada gato é único. São caçadores solitários e gostam de se alimentar sozinhos. E ao contrário do que muitos pensam, eles amam nossa companhia. Gostam de ficar pertinho, observando tudo, cochilando. São extremamente carinhosos e amáveis. São encantadores. Mas não queira que eles sejam assim com as visitas que chegarem à sua casa. Na maioria das vezes eles sairão correndo e se esconderão. Deixe-os ir e nunca tire-os de lá pra mostrá-los às visitas. Faz parte do comportamento deles e está tudo bem. Quando eles quiserem, sairão. Ou não. E está tudo bem também.


Super importante você deixar um local de fuga, uma toquinha pra ele usar nessas horas. Eles se sentem protegidos e seguros. Pode ser uma toalha esticadinha atrás do armário, uma caixa de papelão embaixo da cama, uma toca ou nicho na parede. Não importa. O que importa de verdade é que eles sintam-se seguros, amados e protegidos!


Imagem de Vicran por Pixabay


Prazer, sou a Lu Gateira! Brincadeiras e enriquecimento ambiental para que seu miau sinta-se feliz e confortável. Troca de comedouro e bebedouro, limpeza da caixa de areia, escovação e muito carinho. Aplicação de medicamentos, caso seja necessário. Observação do comportamento do seu gatinho, conforme relatado por você, na visita inicial. Quanto come, quantas vezes costuma usar a caixa de areia fazendo suas necessidades. Muitos gatos na ausência do tutor deixam de usá-la e até mesmo deixam de se alimentar com saudades... Essa observação é das mais importantes! Um relatório completinho, com fotos e vídeos para você se sentir bem pertinho e matar as saudades do seu bichano!

A visita tem a duração de uma hora.

Conte comigo sempre que precisar!

Um grande abraço!😻



Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

댓글


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page