top of page

Como fotografar o amanhecer em Copacabana




Oi! Iniciamos o ano com mais uma parceria de sucesso! A fotógrafa Cicéia Almeida é nossa artista convidada no time da Art Wall e já estamos com lindas telas dela em nosso site. Escolhi trazer para vocês como destaque dois quadros especiais que agora compõem nossa coleção. O Amanhecer em Copacabana e o Amanhecer no Rio de Janeiro. Conversamos um pouco com a Cicéia sobre estas duas telas. Acompanhe a baixo os bastidores dessas fotos. Por Malu Machado I Jornalista, Fotógrafa Art Wall


Malu - Cicéia, essas suas duas imagens remetem ao sol nascente e é uma ótima imagem para celebrar 2021. Conta para a gente como foi fazer esses registros?

Cicéia - Eu estava de férias no Rio de Janeiro e fiquei encantada com a colônia de pescadores que marcam presença no posto 6 de Copacabana. É uma cena surpreendente.

Malu - Eu passei minha infância no Rio, Cicéia, e realmente essa colônia é apaixonante. Mas ela pode passar batida por muitos turistas, não é mesmo? E é uma paisagem única em uma cidade tão cosmopolita.

Cicéia - Sim! É preciso acordar cedo para registrar os pescadores e também essa luz.







"A natureza já estava lá... e os pescadores também... com seus barcos, redes, arpões e esperanças".


Malu - Conta para os leitores que horas é preciso acordar para conseguir a luz que você registrou nesses dois quadros?

Cicéia - Acordei às cinco horas da manhã para capturar a melhor luz e registrar a saída para a pesca. As melhores imagens requerem sacrifícios.

Malu - Com toda certeza ! E agora essas belas imagens podem ser um objeto diferenciado na decoração da casa das pessoas, eternizando este momento.

Cicéia - Fico contente quando minha fotografia emociona e traz algo de representativo para o outro. Acho que a grande gratificação do fotógrafo é ver a sua arte valorizada. A natureza já estava lá... e os pescadores também... com seus barcos, redes, arpões e esperanças. Eu captei o que me emocionou também.


Malu - Cicéia Almeida é fotógrafa profissional há mais de 30 anos. Nasceu em Guarani, MG. Residiu em Juiz de Fora (MG), Belo Horizonte (MG) e Rio de Janeiro (RJ). É fotografa social, de decoração e registro da memória cultural.

Seu portifólio conta com projetos de fotografia autoral, incluindo a mobgraphia (fotos de celular), exposições individuais e coletivas nas cidades mineiras de Juiz de Fora, Guarani, Rio Novo e também em São Paulo (SP).


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page