top of page

Como expressar gratidão?

Atualizado: 20 de abr. de 2023


Gratidão é a chave da felicidade


Por Letícia Machado I Psicóloga


Oi! Chegamos nele, dezembro, no último mês do ano. Dá pra acreditar? Para mim passou extremamente rápido esse ano de 2021 e para você? Como tem sido?


Tem se sentido animado/animada com a aproximação das festividades de fim de ano ou sonhando com um belo descanso? Eu te confesso, que esse ano estou mais para a turma do descanso, mas com vontade de celebrar em família também.


E como todo fechamento, vamos que vamos realizar o nosso por aqui?


Esse ano busquei trazer para você conteúdos de forma simples e objetiva temas que vejo serem relevantes junto ao cuidado da sua saúde mental.


Espero de verdade que o conteúdo os tenha ajudado a pensar, refletir e praticar esse cuidado de si.


Fazendo uma retrospectiva, esse ano iniciamos conversando a respeito da campanha janeiro branco e falamos a respeito da importância de olharmos para nós, cuidarmos da nossa saúde mental, passamos por sugestão de filme, temas de demandas em um contexto de vida pandêmica e fora dela, sugestões de atividade praticas para que você exercite diariamente como forma de cuidar da sua saúde mental como por exemplo; paciência, ansiedade, solidão coletiva, o ato de sorrir e seus significados além de trabalharmos um pouco mais o conhecimento sobre si mesmo, identificando seu estilo de apego, autossabotagem etc.



Agora que já fizemos essa caminhada de cuidado junto a sua saúde mental, que tal pra finalizarmos o ano com chave de ouro e iniciarmos 2022 com aquele pique total de atenção em si mesmo e no rumo que você quer viver em sua vida?


Pensando em qual conteúdo trazer nesse mês de dezembro, mês de passagem de ano, de festa para uns, de balanço pessoal pra outros e de fechamento ainda que somente na vida prática para todos nós, escolhi trazer um exercício de extrema importância para a qualidade de vida do nosso cérebro e consequentemente das nossas relações e nossa saúde como um todo.


O convite que faço hoje é: Vamos identificar e fortalecer o que funciona em nossa vida? (Já te explico melhor como fazer isso).



Mas, antes de entrarmos de fato no assunto, quero pontuar algumas coisas. Quando passamos por um trauma psicológico que por definição é toda e qualquer experiência que gera na pessoa uma desconexão profunda da sua essência que ela passa a acreditar que aquela dificuldade em expressar suas emoções, um sofrimento, faz parte da sua “personalidade”. Onde frente a um evento que nos sentimos paralisados, nos sentimos impotentes ou sentimos que não possuímos sustentação para lidar com a situação.


E o segundo e último ponto que te trago antes das atividades é a importância de olharmos para o que funciona, sim, de acordo com Martin Seligman a felicidade pode ser cultivada desde que se saiba utilizar alguns traços e qualidades que já se tenha, como bondade, originalidade, humor, otimismo e generosidade.


A excelente notícia é que nós humanos temos a brilhante capacidade de desenvolvê-las em nosso cérebro, ou seja, nesse ponto do assunto, uma boa dose de querer faz toda a diferença.



Então vamos colocar a mão na massa e fazer acontecer tudo de bom que desejamos para nossa vida, ao nosso redor e ao mundo em que fazemos parte?


Van de Kolk, nos diz que “o problema fundamental na resolução do estresse traumático está em restaurar o equilíbrio entre o cérebro racional e o emocional, de modo que você possa se sentir no comando de suas reações e da orientação de sua vida.”


Para te ajudar nessa programação de ano novo, nada como colocar nosso cérebro para pensar.

Vamos juntos?


Você já ouviu falar em diário da gratidão?


Essa é uma técnica super conhecida, simples em seu passo a passo, porém profunda em seus benefícios.


Caso você goste de utilizar nos apps, já existem vários que trazem essa técnica, mas se for como eu e preferir um caderno físico, a caneta e papel, providencie um por aí e escreva:


De forma ritualizada em sua rotina diária, escreva em um papel 3 coisas/motivos que faz você se sentir grato/grata em sua vida e/ou que contribuem para a melhora em sua vida.


Ah, se de início te gerar uma certa dificuldade em pensar e escrever o que tem de bom, o que vem funcionando em sua vida, uma sugestão: começa pelos motivos mais fáceis por exemplo: Eu me sinto grato pela casa que tenho e em seguida se faça a seguinte pergunta: Que sentimentos e sensações a casa que eu moro provoca em mim? Quais as atividades que eu gosto de realizar dentro da minha casa que faz eu me sentir bem?



Como bem nos fala Van Der Kolk; “Se desejarmos modificar as reações pós-traumáticas, temos de alcançar o cérebro emocional e fazer a “terapia do sistema límbico”; consertar os sistemas de alarme defeituosos e devolver ao cérebro emocional a sua missão de ser uma plácida presença de fundo que cuida da arrumação do corpo, fazendo-nos comer, dormir, nos relacionar, proteger os filhos e nos defender dos perigos.”


Afinal, a gratidão é uma grande virtude individual que você pode expressar em sua vida que funciona como um catalisador de mudanças positivas.


Quer mais alguns bons motivos pra te animar a começar seu diário por aí?


-Contribui em seu potencial criativo.


-Gera o sentimento de conquista e clareza em sua vida, do que deseja e do que faz sentido e vale a pena deixar e clareza do que não faz para tirar ou mudar a forma de fazer em sua vida.


-Te proporciona diariamente um olhar para você, uma ação de auto-cuidado e auto-desenvolvimento.


-Contribui para a melhora em sua relação intra-pessoal e interpessoal.


-Te desperta para a leitura e escrita, exercitando e fortalecendo suas funções cognitivas como sua memória.


-Contribui na produção de bons sentimentos e hormônios do bem-estar.


-Exercita olhar para sua história de vida com olhar resiliente.


Pronto, esses são alguns dos benefícios possíveis de serem alcançados.



É ou não é uma boa ideia para você iniciar o seu 2022 com a mente e o corpo com maior clareza e disposição para alcançar seus projetos e o coração aquecido e fortalecido para escrever seu novo ano?


Aproveito para deixar registrado por aqui alguns motivos que fazem eu me sentir grata:

1-Grata por estar viva e com saúde e poder escrever sobre temas que eu sou apaixonada para você.


2-Grata por esse encontro lindo em minha caminhada de vida com as meninas da Art Wall e por essa parceria que me desafia e aquece o meu coração.


3-Grata por essa ferramenta brilhante chamada internet que se bem utilizada nos proporciona conexão e aprendizagem, elementos que pra mim são necessários em meu bem viver.


Espero que tenham chegado por aí as boas energias que senti ao escrever esse texto,

Que sua passagem de ano seja com leveza, bons encontros, esperança no pensar e amor em seu olhar.


Ah vale lembrar, que as psicoterapias que trabalham com neuro-reprocessamento cerebral são ótimas possibilidades de tratamento, de atingirmos a nossa autorregulação cerebral e o conhecimento do funcionamento do nosso cérebro se ao ler esse texto sentir que esse possa ser o seu caso, procure ajuda profissional qualificada.


A técnica do diário da gratidão é uma excelente ferramenta de trabalho junto ao cuidado a sua saúde mental, porém, não substitui o tratamento psicoterápico e psiquiátrico se essa for a sua necessidade.


Com carinho,


Letícia Machado.



Olá, sou Letícia Machado, Psicóloga, especialista em Psicologia do Envelhecimento e em Terapia EMDR, Personal Organizer, escritora aqui no Blog da Art Wall e hoje trago uma abordagem sobre a Gratidão e seus efeitos em nossas vidas


Boa leitura e Sorria!


Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page