top of page

Quais plantas atraem o beija-flor?

Faça o seu Jardim de Beija-flores





Olá, amigos, tudo bem? Falaremos hoje sobre como implantar um jardim de beija-flores. Gostou do tema? Ficou curioso? Então, vamos ao texto conferir o que esse jardim tem de diferente e tão especial!


Um jardim bem projetado, receberá constantemente a visita de diversos animaizinhos. Entre todos, os pássaros são os mais abundantes. Eles trarão movimento e música para o seu jardim, enriquecendo ainda mais essa experiência maravilhosa de se integrar à natureza através de um belo jardim. Se você tiver um pouco de sorte e for atento aos detalhes, certamente, irá se encantar com as artimanhas que alguns pássaros utilizam na construção de seus ninhos e também poderá acompanhar a determinação que eles têm em alimentar e cuidar dos filhotes.


Dentre os diversos pássaros que podem transitar e até mesmo morar no seu jardim, escolhi o beija-flor como tema principal deste texto. Desde muito jovem, sou fascinado por esse pássaro, pelo tamanho, delicadeza, variedade de cores e a forma de voar. É o único pássaro que consegue ficar parado no ar, voar de ré e girar o corpo em pleno voo, como um helicóptero. Essa agilidade requer muita velocidade no bater das asas e isso consome muita energia. Para repor toda essa energia o beija-flor precisa se alimentar constantemente para se manter vivo.




Toda noite, o beija-flor procura um local seguro para se abrigar e entra em estado de torpor, no qual reduz o batimento cardíaco para economizar energia. Pela manhã, o “tanque de combustível” do pássaro está na reserva e lhe resta energia para alguns pequenos voos. Nesse momento crucial, é fundamental que encontre belas flores repletas de néctar para que possa encher o “tanque de combustível” e passar o dia, voando e se alimentando, ou melhor, se alimentando em pleno voo. Não é incrível?


Foto de Frank Cone no Pexels



Entendendo a lógica do apetite voraz dos beija-flores, precisamos projetar nosso jardim utilizando as mais diversas plantas que florescem em períodos alternados, garantindo, assim, alimento disponível (néctar) todos os dias do ano. Se faltar alimento eles vão embora, simples assim!


Imagem de Fred Prose por Pixabay



Para garantir que nosso ilustre visitante não migre para outras áreas, vamos listar várias espécies de plantas que você pode utilizar, aumentando, dessa forma, as chances de atrair e manter os beija-flores no seu jardim. Se você fizer tudo certinho, transformará o seu jardim em um ambiente seguro pela fartura alimentar e você poderá se encontrar com os mesmos beija-flores todos os dias, porque ele vai morar no seu jardim, construirá seu ninho, cuidará dos seus filhotes e lhe proporcionará vários momentos de rara beleza e exibicionismo ao longo dos anos.


Ele vai se acostumar contigo e quando você menos esperar, ele vai chegar rápido e de repente, vai parar no ar, bem na sua frente, a menos e um metro dos seus olhos, vai ficar ali te olhando de pertinho por alguns segundos, quase que te dizendo alguma coisa e depois vai embora! Isso ocorre com recorrência no meu jardim. Acho que é a forma dele se comunicar conosco e agradecer a bela refeição que estamos lhe proporcionando. Acreditem! É incrível e emocionante!


Foto de Philippe Donn no Pexels



Quais as plantas que atraem o beija-flor e que não podem faltar no seu jardim?


Vou listar aqui algumas espécies que considero “coringas” para alimentar os beija-flores. Algumas porque florescem praticamente o ano todo, outras, pelas floradas abundantes mesmo que por períodos mais curtos.


As árvores ganham dos arbustos e herbáceas no quesito abundância, porém suas floradas são curtas e precisamos alimentar nossos amigos todos os dias, então, apresento um mix de espécies fundamentais.


São elas:


Árvores: Espatódea, Ipê de todas as cores, Jacarandá-mimoso, Paineira, Mulungu, Suinã, Sibipiruna, Flamboiã, Escova-de-garrafa,


Arbustos e herbáceas: Sanquésia, camarão-amarelo, camarão-vermelho, helicônia, Babosa, Glicínea, Agapanto, Lanterna-japonesa, Sininho, Hibisco, Malvavisco, Jasmim-amarelo, Grevilea-anã, Russélia,


Trepadeiras: Sete-léguas, Flor-de-São-João, Tumbérgia-azul, Lágrima-de-Cristo, Glicínia.


Frutíferas, bromélias e também orquídeas são boas opções para variar o cardápio dos nossos amiguinhos alados.




Para as pessoas que quiserem se aprofundar no tema, recomendo o livro:


“JARDIM DOS BEIJA FLORES” de Johan Dalgas Frisch e Christian Dalgas Frisch uma verdadeira obra prima repleta de fotografias maravilhosas!


Se você precisar de ajuda para fazer um upgrade no seu jardim e atrair mais visitantes ilustres, entre em contato conosco, teremos o maior prazer em te atender e achar uma solução mais adequada para o seu caso.


Grande abraço,



Beija flor com flor Imagem de Erik Karits por Pixabay



Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.





Após ler esse artigo, recomendamos ouvir essas músicas para enriquecer a sua experiência sensorial :


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page