top of page

Jardim de sub-bosque

Olá, amigos, tudo bem? No texto de hoje, falaremos sobre o jardim de sub-bosque! Esse é uma modalidade de jardim que eu estou apreciando bastante, tanto pelo formato mais natural, quanto pela necessidade mínima de manutenções.

Com os efeitos das mudanças climáticas, percebemos que as árvores são fundamentais para nossa existência e o jardim de sub-bosque é uma ótima oportunidade para reaprender a conviver pacificamente com elas.

Ficou curioso? Então, vamos ao texto conferir o que esse tipo de jardim tem de diferencial!

Imagem pexels.com



A primeira particularidade desse jardim é a baixa intensidade de luz solar. Esse tipo de ambiente “sub-bosque” fica sob as copas de grandes árvores.

Então, para que possamos projetar esse tipo de jardim é necessário que tenhamos árvores pré-existentes no local.


Imagem pexels.com


Além das sombras, frutos, flores, abrigo para a avifauna, suas raízes descompactam o solo e permitem que as águas das chuvas entrem para o subsolo, evitando alagamentos.

Por ser um ambiente com menos irradiação solar, a desidratação das plantas é menor, por isso a necessidade de irrigação é mínima.

O sol está cada dia mais quente e a sombra das árvores é um lugar muito aprazível de se ficar e contemplar a natureza, não é mesmo?


Imagem pexels.com


Outra particularidade do jardim de sub-bosque é a inexistência de gramados! Para quem não quer ter o trabalho de ficar cortando grama, este é o jardim perfeito!

Pela baixa intensidade de luz solar, os gramados não sobrevivem, não adianta plantar!

Devemos plantar espécies vegetais que se desenvolvam em ambientes de sombra. Essas espécies devem ser incluídas para aumentar a beleza e diversidade.


Imagem pexels.com


Caminhos sinuosos de terra batida ou pedriscos, serpenteando por entre as árvores e maciços de filodendros, marantas, lírios ou samambaias, nos guiando até aquele banco confortável complementam o cenário e deixam o jardim mais interessante.



Quadro Decorativo Broto de Samambaia - Coleção Flora da ArtWall


Para mim, a beleza desse jardim está na grandiosidade e formato dos troncos e galhos que formam as copas das árvores.

O prazer em se sentar abaixo delas e sentir o conforto térmico, observar a variação da luz proveniente de alguns raios solares transpassando os seus galhos e folhas, ouvir e observar a avifauna que vive ou circula por ali, não tem preço.

Sentir essa imersão, esse abraço, esse conforto, essa proteção da natureza é o grande diferencial desse jardim.


Imagem pexels.com


Portanto, antes de cortar qualquer árvore que estiver no seu caminho, pense bem, porque ela pode ser o ponto central do seu jardim e lhe proporcionar mais benefícios do você imagina.

Se você precisar de ajuda para entender as potencialidades de um jardim de sub-bosque, entre em contato conosco, teremos o maior prazer em te ajudar.


Acompanhe nossas dicas no instagram: @jardimsalvaterra



Grande abraço,

André Cenak



Olá, eu sou André Cenak, Paisagista, proprietário do Jardim Salvaterra Paisagismo e escritor aqui na Art Wall.



Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page