top of page

A magia dos Ipês e como cultivar

Atualizado: 20 de abr. de 2023

Flores do fim do inverno e início da primavera


Olá, amigos, tudo bem? Falaremos hoje sobre o Ipê, árvore nativa do Brasil com várias espécies e cores, muito resistente, de fácil cultivo e beleza incontestável. Gostou do tema? Ficou curioso? Então, vamos ao texto conferir as informações e dicas que separei para você! Aprenda que com gestos simples, você pode ajudar a manter florida sua cidade.



Florada marca mudança de estação


A primavera está chegando, junto com ela o calor e as chuvas. Nessas condições ideais, os jardins e as matas se transformam. O verde fica mais intenso as plantas que estavam em dormência no inverno, agora começam a apresentar novas brotações, floradas, frutas, etc etc etc.


Mas hoje, não falaremos das plantas que nos alegram nessas condições favoráveis e sim, falaremos dos ipês que nos deixam extasiados com suas floradas maravilhosas no inverno. Sim, no inverno, quando todas as condições são desfavoráveis para as plantas. Com o frio intenso, falta de chuvas, baixa umidade relativa do ar, queimadas por toda parte, os ipês perdem todas as suas folhas para evitar a desidratação pela transpiração e se preparam para uma explosão de cores.


Foto de Leo Caldas no Pexels



Ipês roxos, amarelos e brancos


Os primeiros a florescer são os ipês roxos e rosas, na sequência vêm as floradas dos ipês amarelos e, por fim, os ipês brancos fecham a estação.


As floradas são curtas, entre uma ou 2 semanas, porém são tão abundantes que é impossível não chamar a atenção de quem passa por perto.


Aproveito também para falar sobre a Eritrina Mulungu, que floresce junto com os ipês amarelos, com florada mais longa (de 20 a 30 dias) e de cor vermelha deixa o ambiente maravilhoso, tanto nas suas copas quanto no chão logo abaixo de seus troncos.

Essa dupla, ipê amarelo e mulungu vermelho, quando plantados juntos são fascinantes, suas floradas se misturam. A exuberância do amarelo e do vermelho tingindo as matas verdes, em contraste com o céu azul. É realmente um espetáculo divino que nos enche de esperança.


Foto de Leo Caldas no Pexels



Dias após o término da florada, as vagens repletas de sementes começam a se formar, também em cachos nas árvores e em breve as sementes estarão disponíveis.


A primavera se inicia, o calor e as chuvas criam um ambiente favorável para que as sementes germinem e produzam novas árvores. Porém, como muitas dessas árvores estão nas calçadas das cidades e com ruas asfaltadas e impermeáveis, essas sementes não encontrarão solo fértil para que possam germinar naturalmente.



Dessa forma, faço agora uma proposta pra você! Que tal dar uma forcinha para os ipês? É muito fácil!


Observe durante as próximas semanas o comportamento das vagens de sementes daquele ipê próximo da sua casa que você ficou extasiado e tirou uma self recentemente.


Em breve, as vagens vão secar e abrir espontaneamente, disponibilizando milhares de sementes. O chão ficará repleto de sementes. Fique atento, se você bobear, a chuva vai levar as sementes embora e a esperança daquele ipê em produzir milhares de novas mudas será frustrada.


Imagem de carolalves por Pixabay



Você pode ajudar os Ipês de duas formas conforme abaixo:


Leve as sementes dos Ipês para um solo fértil


Colete o máximo de sementes que conseguir e leve até um local onde ela encontre condições ideais para germinar naturalmente. Ou seja, precisa de solo fértil, umidade e sombra. Jogue as sementes nesse local e provavelmente algumas sementes vão germinar e crescer.



Plante a sementes e faça suas próprias mudas


Colete algumas sementes e plante em casa num vaso com terra preta, rica em matéria orgânica, espalhe as sementes por cima da terra, colocar uma fina camada de terra por cima das sementes, um pouco de folhas secas por cima dessa camada de terra. Deixe num cantinho de sombra e molhe diariamente. Nesse caso, a probabilidade de germinar é muito maior que no caso anterior e fatalmente você terá muitas mudinhas para replantar em breve.




Quando essas mudinhas estiverem com uns 10 cm de altura é hora de replantar individualmente uma muda em cada vaso ou saquinho separadamente para que cresçam.

Se você se empenhar um pouquinho e cuidar de suas mudinhas, no próximo ano suas mudas já estarão prontas para o plantio no solo e vão crescer mais rapidamente. Em cinco a dez anos as flores começarão a aparecer. No início serão poucas, mas a cada ano que passa a árvore fica maior e sua florada aumenta.


Visite a Coleção Flora da Art Wall e leve a Primavera para sua casa



Curta o momento! Fazer germinar as sementes, cuidar daquelas mudinhas e depois plantá-las no solo ou até mesmo dar de presente para alguém é ter a certeza de que em breve novos ipês vão colorir mais nossas cidades.


Se você precisar de ajuda para fazer as suas mudinhas ou cuidar dos seus ipês entre em contato conosco, teremos o maior prazer em te atender.


Grande abraço,



Olá, eu sou André Cenak, Paisagista, proprietário do Jardim Salvaterra Paisagismo e escritor aqui na Art Wall. Hoje trago dicas de como montar uma Urban Jungle dentro da sua casa ou apartamento, e como manter suas plantas sadias e felizes.



Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page