top of page

Você sabe escolher um vinho?


Por Luan Damiano I Chef e Sommelier


Quando nos deparamos com vários rótulos, nomes e especificações de uvas e locais de produção da até um nó na cabeça né.

Mas uma boa dica é ler o contra rotulo do vinho onde terá algumas informações que te facilitará depois que você ler este artigo.

Vou te dar algumas dicas de harmonização para você não errar na hora de levar um vinho para uma reunião com amigos ou receber convidados em casa.


Qual melhor lugar para comprar um vinho? Sempre recomendo uma loja especializada onde terá um sommelier que indicara um bom vinho de acordo com seus gostos e ocasiões.

Quando vamos escolher um vinho, sempre pensamos na ocasião que vamos tomar, temperatura ambiente e comida que será consumida junto ou não.



Avaliamos se a comida é leve, media ou intensa para combinarmos vinho de acordo com essas características, ou seja, comida leves, vinho leves, comidas de média intensidade, escolhemos um vinho também com essas características na boca, já com comidas mais condimentadas e fortes escolhemos um vinho com as mesmas características


Esse forma de harmonizar a comida e o vinho é por semelhança.



Podemos também harmonizar a comida e o vinho por contraste como por exemplo: torresmo suíno (que possui gordura) com um espumante de acidez elevada.

Ou um queijo gorgonzola (que é mais forte) harmonizado com espumante moscatel que é mais adocicado.



Dicas gerais:


Para tomar em um dia quente, acompanhado de comidas como saladas, camarão, frutos do mar recomendo um vinho branco ou rosé leve e refrescante, servidos em temperatura de 6 a 8 graus.



Para acompanhar tábuas de frios, com queijos, embutidos, geleias e castanhas, um coringa sempre será um espumante brut branco ou rosé, pois harmoniza bem com todos esses elementos e sempre agrada de forma geral o publico.



Para harmonizar bem com pratos como massas com queijos leves, risotos e molhos de média intensidade sugiro um vinho merlot com leve passagem em carvalho.


Para pratos com carnes na grelha sugiro vinhos tintos mais encorpados (mais taninos) como uvas como exemplo: cabernet sauvignon, tannat, marselan e ancellota.


Para sobremesas com frutas cai super bem o moscatel usando a harmonização por semelhança.


Para sobremesas com chocolate podemos testar tintos médios com aromas de baunilha, chocolate e torrefação.



Glossario:


Brut: indica a classificação do espumante em relação a quantidade de açúcar.


Espumante: vinho com borbulhas.


Cabernet Sauvignon, tannat, marselan e ancellota: nomes de uvas tintas.



Por Luan Damiano I Chef e Sommelier

Olá! Eu sou Luan Damiano, Chef e Sommelier Internacional, proprietário da Focacceria Boa Ideia - padaria em casa e professor de gastronomia pelo Senac de Bento Gonçalves, Rio grande do Sul.


Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page