top of page

Você escolhe a atitude com que encara o seu sofrimento

Atualizado: 20 de abr. de 2023

Cuidando da sua morada mental


Olá!!! Fevereiro já chegou chegando por aqui e com ele iniciamos a nossa conversa de 2022. Já estava com saudades de escrever para você.

E como ponto de partida junto ao nosso cuidado com nossa saúde mental, nosso bem-estar psíquico e físico, te faço uma pergunta:

Como anda a organização da sua morada? Oi? Como assim Letícia? Estamos falando de casa ou de saúde mental? E eu te respondo: Dos dois



Acredito que você, assim como eu e muitas pessoas no mundo, deseja em seu dia a dia levar uma vida com leveza, com saúde, qualidade e em harmonia com você mesmo e com as outras pessoas, certo? Afinal, a máxima, matar um leão por dia é muito desgastante. Pois bem, para que isso aconteça se faz necessário organizarmos a nossa morada, e agora o que eu chamo carinhosamente de morada é a nosso cérebro e o nosso corpo aqui na Terra. Afinal, de fato, prioritariamente, se eles não estão funcionando em harmonia nada irá fluí, não é verdade?



Tá, mais agora você deve estar pensando, e como é que faço isso? É exatamente sobre esse ponto que venho conversar com você hoje.

O ano já começou, porém, como estamos iniciando nossa conversa por aqui e ainda estamos no clima do verão (férias ainda para alguns), nada melhor do que pensarmos nessa organização para assim, colocarmos em prática no decorrer do ano, da vida.

Quando pensamos em cuidar da nossa saúde mental, muitas pessoas, tendem a pensar que falamos de procurar se divertir em seu dia a dia e ter atividades que te causam relaxamento. Na verdade, isso está incluso, mas o cuidado com a nossa saúde mental precisa ir muito mais além disso, afinal saúde mental é bem mais do que uma mente relaxada.


“A saúde mental está baseada em certo grau de tensão, tensão entre aquilo que já se alcançou e aquilo que ainda se deveria alcançar ou o hiato entre o que se é e o que se deveria ser”. (Viktor Frankl)

De forma sucinta, para que você alcance em sua vida ao longo dos meses de fato um bom funcionamento cerebral que lhe gere benefícios e não prejuízos, é preciso cuidar do seu corpo como um todo e a saúde mental se interliga a todos esses cuidados.

Compreender quais são as situações que têm gerado estresse em você é parte desse processo.



Aprenda a analisar o que mais te aflinge

Coloque em uma folha de papel as situações que têm lhe gerado incômodo em seu dia a dia, tanto os motivos externos (que não dependem exclusivamente de você) e os internos.

Ex: Quando preciso realizar alguma tarefa importante em meu trabalho/escola e o gestor me demanda de forma excessiva e acelerada, percebo que interfere em meu rendimento (motivo externo) ou quando estou de TPM (tensão pré-menstrual) sinto que costumo me incomodar com maior facilidade a barulhos e cheiros (motivo interno).

Lista pronta. Faça essas 3 perguntas chaves:

Analisado as situações que estejam gerando desconforto em sua vida se faça essas 3 perguntas chaves:

1-Quais deles posso evitar que existam? 2-Quais deles preciso aprender a conviver sem que eles sejam estressores? 3- Quais opções que posso utilizar para prevenir ou lidar com as situações que preciso aprender a conviver?



Essa atividade tem como objetivo lhe proporcionar uma maior compreensão de si (em seu interno e em seu externo), contribui na identificação dos seus sentimentos e emoções, gera conhecimento do meu funcionamento hormonal (quais hormônios estão em prioridade no decorrer dos meus dias com as atividades listadas?), e te proporciona a possibilidade de saber o que você pode fazer para de fato viver uma vida com qualidade e bem-estar.

Vale lembrar, como falei no início do texto, o bem-estar da nossa saúde mental incluí vários aspectos em nossa saúde psíquica e física e assim junto a realização dessa atividade se faz necessário sempre cuidar do seu sono, realizar atividade física e manter uma alimentação rica em nutrientes e de acordo com as necessidades e demandas do seu corpo como um todo.



E aí gostou dessa atividade? Já tinha feito ou costuma fazer essa análise em sua vida? Espero que você realmente pratique hoje mesmo e consiga encontrar possibilidades em sua morada para lidar da melhor forma possível com as situações internas e externas que têm sido motivo de incômodo em seus dias e consiga usufruir de uma versão de você mais tranquila e que tenha tempo para si. Afinal:

“Se não está em suas mãos uma situação que te causa dor, sempre poderá escolher a atitude com que encara esse sofrimento”.(Viktor Frankl)

Que esse pensamento e o assunto que te trouxe para este mês te inspire a praticar e pensar sobre suas atitudes em sua vida.

Ótima continuidade de fevereiro e até o próximo mês.

Cuide-se com amor,

Por Letícia Machado I Psicóloga Olá, sou Letícia Machado, Psicóloga, especialista em Psicologia do Envelhecimento, Brainspoting, Terapia EMDR e Personal Organizer. Sou colaboradora aqui no Blog da Art Wall e hoje trago aqui um pequeno exercício para você organizar a sua mente. Espero que gostem.

Os artigos publicados neste blog expõem o pensamento de seus autores sobre um determinado tema de interesse público, sendo da responsabilidade de cada autor o conteúdo aqui veiculado.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Assine nossa Newsletter

Receba em seu email dicas de arte e de bem estar para o seu lar

Email enviado!

bottom of page